In Loco lança um Plano de Acção “INFOAGRI” com inicio em Janeiro de 2017 e a duração de 36 meses.

0
356
image001 1

image001 1In Loco lança Plano de Ação infoAGRI. Intervenção visa os setores agrícola, agroalimentar e florestal

A In Loco irá desenvolver um Plano de Ação denominado “INFOAGRI – Informação Agrícola no Algarve Central” com inicio em Janeiro de 2017 e a duração de 36 meses.

Com este Plano, a Associação visa disseminar informação técnica, económica e organizacional relativa aos sectores agrícola, agroalimentar e florestal. Pretende, por esta via, fortalecer os sectores primário e secundário, bem como qualificar as explorações agrícolas e as atividades económicas de base local.

Em termos específicos, a Associação definiu os seguintes objetivos para o trabalho a desenvolver: – Capacitar tecnicamente os agricultores e empresários; – Sensibilizar e informar para a adoção de práticas agrícolas respeitadoras do ambiente; – Melhorar o desempenho dos agricultores e a eficiência das explorações ao nível ambiental e económico; – Reforçar a cooperação e associação entre produtores e entidades locais, procurando facilitar o acesso à informação para apoiar a instalação e funcionamento; – Valorizar as atividades, as produções agrícolas e a transformação dos produtos locais.

O território abrangido pelo INFOAGRI, financiado pelo PDR2020, é composto por freguesias dos concelhos de Albufeira (Guia, Paderne), Faro (Santa Bárbara de Nexe, União de freguesias de Conceição e Estoi), Loulé (Alte, Ameixial, Boliqueime, Salir, São Sebastião, União de freguesias de Querença, Tôr e Benafim), Olhão (Pechão, União das freguesias de Moncarapacho e Fuseta), São Brás de Alportel, Silves (São Bartolomeu de Messines, São Marcos da Serra) e Tavira (Cachopo, Santa Catarina da Fonte do Bispo, União freguesias de Luz de Tavira e Santo Estêvão).

O plano tem como base a realização de acções de informação em todas as freguesias, facilitando o acesso dos interessados. Com este trabalho, a In Loco pretende responder às necessidades das áreas agrícola, agroalimentar e florestal, detetadas no anterior Quadro Comunitário de Apoio, no âmbito de projetos desenvolvidos pela própria Associação, como o PROVE, o Cordão Verde ou do Plano de Aquisição de Competências e Animação – “Interior do Algarve Central”.

Prevê-se igualmente a edição de um boletim informativo trimestral, de folhetos temáticos / técnicos, bem como de um guia de apoio ao enquadramento legal e fiscal da atividade agrícola”. Serão igualmente realizados seminários temáticos sobre temas diversos: parcelário, identificação do beneficiário, apoio ao rendimento agrícola, Bolsa Nacional de Terras, medidas de apoio do PDR2020, microproduções/produções Locais, boas práticas agrícolas, enquadramento legal e fiscal e mercados locais, rentabilização das explorações agrícolas. O plano prevê ainda a realização de um workshop, por concelho, sobre o apoio das atividades económicas de base local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui