Lagos | Jovens e Estudantes até 23 anos com Passe Gratuito n’A ONDA

0
90
Autocarros-Onda-Lagos

O novo tarifário do transporte urbano de Lagos entrará em vigor a 1 de março, mantendo a gratuidade do passe para jovens até 18 anos e podendo agora os estudantes até 23 anos usufruir do mesmo benefício. O município lacobrigense irá também assumir o aumento da Taxa de Atualização Tarifária (TAT), sendo que os valores de bilhetes não sofrerão qualquer aumento para os utentes.

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) fixou para 2024 um aumento da TAT na ordem dos 6,43 % nos transportes públicos coletivos de passageiros. No entanto, face ao atual contexto económico, e dando continuidade ao PART (Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos), o município de Lagos decidiu assumir esse aumento e manter o mesmo tarifário para os utilizadores d’A ONDA. De ressalvar que, no que toca aos passes, os preços também não sofrerão alterações, ao abrigo do Orçamento de Estado 2024 que estabelece o congelamento dos respetivos valores.

No caso dos jovens até 18 anos, desde 2022 que o município já tinha implementado a gratuitidade do passe. Porém, no âmbito da nova legislação (Portaria n.º 7-A/2024), a medida passa a ser suportada pelo Estado, passando o passe gratuito a ser designado de “Passe 4-18” e deixando de existir os passes “jovem” e “estudante”. Essa mudança é feita de forma automática, não sendo necessária qualquer alteração do passe já existente.

Uma boa novidade para os estudantes até 23 anos é que também eles passam a ter direito a um passe gratuito para circulação n’A ONDA, nomeadamente, o “Passe sub23”. Com base na referida Portaria, os estudantes nessas condições podem optar por ter um passe gratuito n’A ONDA ou no transporte público intermunicipal (VAMUS).

Para a aquisição de ambos os passes (4-18 e sub23), basta que se dirijam ao Terminal Rodoviário de Lagos, apresentando cartão de cidadão, sendo que para o Passe sub23 é também necessário apresentar certificado de matrícula.

Com a implementação destas medidas associadas ao transporte público lacobrigense, a autarquia pretende contribuir para a amenização das despesas familiares, já afetadas pela inflação, ao mesmo tempo que incentiva à circulação n’A ONDA com vista a uma maior sustentabilidade ambiental.

CM Lagos