Faleceu CRISTÓVÃO GUERREIRO NORTE, aos 78 anos.

0
308
cristovao-norte07 770x433_acf_cropped

cristovao-norte07 770x433_acf_croppedA Câmara Municipal de Faro emite sentida nota de pesar pelo inesperado falecimento de Cristóvão Guerreiro Norte e de reconhecimento pelo seu ímpar percurso enquanto homem público. 

O corpo de Cristóvão Norte estará em Câmara Ardente, no Salão do Centro Paroquial de S. Lourenço de Almancil, a partir das 18h30 do dia 30/11. O funeral realiza-se no mesmo local, na quinta-feira, dia 1 de Dezembro, pelas 15h00.

Está intimamente ligado à normalização democrática no nosso País. Nos primeiros anos de actividade partidária no Algarve, foi graças à persistência e coragem, até física, de Cristóvão Guerreiro Norte e de outros combatentes, que se tornou possível o debate franco e aberto de ideias. Este importante papel fez sentir-se sobretudo nos períodos tumultuosos que se seguiram à Revolução de Abril. .

Foi Deputado à Constituinte, dando importante contributo para a Constituição de 1976 e, depois, Deputado à Assembleia da República ininterruptamente até 1991. Marcou sempre a sua atuação parlamentar por uma enorme combatividade na defesa do que entendeu serem os melhores interesses dos Algarvios. Entre outras conquistas, muito da sua luta resultou na criação da Universidade do Algarve, de cujo projeto de lei foi co-autor – o que viria a transformar para sempre o Algarve e a vida no nosso concelho.

Foi Vereador nesta autarquia entre 1997 e 2001, candidato a Presidente da Câmara em 1997 e membro da Assembleia Municipal em diversos mandatos. Recebeu, em 2015, a distinção de Deputado Honorário da Assembleia da República.

O percurso profissional de Cristóvão Norte foi também excepcional. Sempre ligado ao Direito, área na qual se formou pela Universidade de Coimbra, exerceu entre outras as funções de Delegado do Procurador-Geral da República e de Conservador do Registo em diversas comarcas algarvias.

Com o seu exemplo de entrega, determinação, fortaleza moral e amor à liberdade e à democracia, Cristóvão Guerreiro Norte influenciou várias gerações de algarvios, e farenses em particular. Para todos, sempre transpareceu uma inquebrantável força de espírito e uma profunda convicção na defesa das causas que adotou. Foi, em suma um homem destemido, um amante da liberdade, a quem Faro muito deve. Por tudo o exposto, o Presidente da Câmara tomou a iniciativa de propor à Câmara a instituição de três dias de luto municipal.

O corpo de Cristóvão Norte estará em Câmara Ardente, no Salão do Centro Paroquial de S. Lourenço de Almancil, a partir das 18h30 de amanhã. O funeral realiza-se no mesmo local, na quinta-feira, dia 1 de Dezembro, pelas 15h00.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui