O preço das casas usadas sobe 3,2% no Algarve

0
228
ideia-casa-reforma-fachada-construcao-telhado-platibanda

ideia-casa-reforma-fachada-construcao-telhado-platibanda

O índice imobiliário de venda de casas usadas em Potugal, apurado pelo “Idealista”, foi divulgado e nele foram apresentados os dados referente ao 4º trimestre de 2016.

Nos dados apresentados o preço das casas usadas no Algarve sobe 3,2% para1.457 euros/me Portugal no seu todo, sobe 7,5%, situando-se nos 1.351 euros/m2.


O preço das casas usadas no Algarve sobe 3,2% durante o quarto trimestre de 2016

  • Com esta subida, o preço da habitação situa-se nos 1.457 euros/m2
  • O preço das casas usadas em Portugal sobe 7,5% durante o quarto trimestre de 2016, situando-se nos 1.351 euros/m2
  • O preço sobe em todas as regiões com excepção do Alentejo, do Centro e da Madeira.
  • Preço das casas em Portugal sobe 7,5% durante o quarto trimestre de 2016

Com esta subida, o preço da habitação situa-se nos 1.351 euros/m2

O preço sobe em todas as regiões com a excepção do Alentejo, do Centro e  da Madeira

O preço das casas em Portugal registou uma subida de 7,5% durante o quarto trimestre de 2016, situando-se em 1.351 euros/m2, segundo o índice de preços do idealista.

Regiões

Excluindo o Alentejo, o Centro e a Madeira, todas as regiões viram os preços aumentarem. No Centro, os proprietários pedem menos 4,1% pelas casas em relação ao terceiro trimestre de 2016, no Alentejo menos 3,3% e na Madeira a descida é de 0,5%. Por outro lado, as regiões de Lisboa e Norte subiram 12,1% e 5,3% respetivamente, seguidas pelo Algarve com uma valorização de 3,2%.

Lisboa com 1.779 euros/m2 continua a ser a região mais cara, seguida pelo Algarve onde custa 1.457 euros/m2 e Madeira (1.097 euros/m2). Do lado oposto da tabela, estão Centro (890 euros/m2), Norte (1.000 euros/m2) e Alentejo (1.029 euros/m2), como as regiões mais baratas.

New Picture


Fonte: Idealista

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui